sexta-feira, dezembro 23, 2016

Deus - Fernando Pessoa


Deus costuma usar a solidão
para nos ensinar sobre a convivência.

Às vezes, usa a raiva
para que possamos compreender o infinito valor da paz.

Outras vezes, usa o tédio
quando quer nos mostrar a importância da aventura e do abandono.

Deus costuma usar o silêncio
para nos ensinar sobre a responsabilidade do que dizemos.

Às vezes usa o cansaço,
para que possamos compreender o valor do despertar.

Outras vezes usa doença,
quando quer nos mostrar a importância da saúde.

Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água.

Às vezes, usa a terra,
para que possamos compreender o valor do ar.

Outras vezes usa a morte,
quando quer nos mostrar a importância da vida.



Poesia Fernando Pessoa
Pintura da capela Sistina, 
"A criação de Adão" por Michelangelo.

2 comentários:

Daniela disse...

Deus está dentro de nós! É um amor infinito! Precisamos saber ouvir a nossa intuição, as aprendizagens que Deus nos proporciona. Beijos.

Cris disse...

Maravilhoso texto do Fernando Pessoa, mas aqui no Prince Cristal com a imagem adequada, torna-se mais maravilhoso pois estimula nossos sentidos.