segunda-feira, setembro 10, 2007

O lago mudo - Fernando Pessoa

Contemplo o lago mudo
Que uma brisa estremece.

Não sei se penso em tudo
Ou se tudo me esquece. 

O lago nada me diz, 

Não sinto a brisa mexê-lo
Não sei se sou feliz 
Nem se desejo sê-lo. 

Trêmulos vincos risonhos 
Na água adormecida. 

Por que fiz eu dos sonhos 
A minha única vida?

Fernando Pessoa
Vincent Van Gogh, Starry night over the Rhone, 1889

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog. Sensacional!

Natalia Beatriz disse...

Adorei seu blog =) mto bom msm,continua postandooo =PP

Bjuus Naty