terça-feira, julho 12, 2011

Se a Cada Coisa - Fernando Pessoa

Se a cada coisa que há um Deus compete,

Por que não haverá de mim um Deus?

Por que o não serei eu?

É em mim que o Deus anima porque eu sinto.

O mundo externo claramente vejo coisas, homens, sem alma.

Fernando Pessoa

Nenhum comentário: