terça-feira, setembro 19, 2006

Leonardo da Vinci


Leonardo da Vinci (Anchiano, 1452 — Cloux, Amboise, 1519) foi um pintor, arquiteto, engenheiro, cientista e escultor do Renascimento italiano. É considerado um dos maiores gênios da história da Humanidade e para mim um ídolo.

Leonardo viveu em plena Renascença, nos séculos XV e XVI, e expressa melhor do que qualquer outro o espírito daquele tempo. Ao contrário do homem medieval, que via em Deus a razão de todas as coisas, os renascentistas acreditavam no poder humano de julgar, de criar e construir.

Suas obras mais conhecidas são, o afresco " A Última Ceia", pintados diretamente no refeitório da Igreja Santa Maria de del Grazie, em Milão, e o Retrato de Lisa de Giocondo, a La Gioconda ( dita a Mona Lisa ), que ele demorou três anos para conseguir pintá-la. Belíssima e enigmática, já é uma razão e tanto para visitar Paris!

Um efeito característico da pintura de Leonardo é o SFUMATO : a delicada passagem de luz para a sombra, quando um tom mais claro mergulha em outro mais escuro, como dois belos acordes musicais.

Só dezessete de suas pinturas, e nenhuma das estátuas, existem atualmente.

Ao longo de sua vida, ele planejou uma enciclopédia baseado em desenhos detalhados . Ao redor do ano 1490, ele produziu um estudo das proporções humanas chamado o Homem Vitruviano, que acabou se tornando um dos seus trabalhos mais famosos e um símbolo do espírito renascentista.

Fascinado pelo fenômeno de voo, Da Vinci produziu detalhado estudo do voo dos pássaros, planos para várias máquinas voadoras, inclusive um helicóptero movimentado por quatro homens, e um planador que já foi provado que poderia ter voado. 


Algumas belas frases

"Pouco conhecimento faz que as criaturas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe".

"Aqueles que se enamoram somente da prática, sem cuidar da teoria, ou melhor, dizendo, da ciência, são como o piloto que embarca sem timão nem bússola. A prática deve alicerçar-se sobre uma boa teoria, à qual serve de guia a perspectiva; e em não entrando por esta porta, nunca se poderá fazer coisa perfeita nem na pintura, nem em nenhuma outra profissão".

"Nunca imites ninguém. Que a tua produção seja como um novo fenômeno da natureza".

"Nunca o homem inventará nada mais simples nem mais belo do que uma manifestação da natureza. A necessidade divina, pelas suas leis, compele o efeito a derivar da causa pelo caminho mais curto".

Fascinante , não é mesmo? Ainda hoje suas obras encantam e são motivos de discussão e mistérios. "Nunca imites ninguém. Que a tua produção seja como um novo fenômeno da natureza".

"Nunca o homem inventará nada mais simples nem mais belo do que uma manifestação da natureza. A necessidade divina, pelas suas leis, compele o efeito a derivar da causa pelo cominho mais curto". 

Ainda hoje suas obras encantam e são motivos de discussão e mistérios.

Um comentário:

Juℓi Ribeiro disse...

Fascinante, realmente!
Para você um abraço e um pensamento:

"Chegará o dia em que os homens conhecerão o íntimo dos animais e, nesse dia, o crime contra um animal será considerado crime contra a humanidade"
(Leonardo Da Vinci)

Que coisa mais linda, não acha?
*Juli*