domingo, julho 15, 2007

Epigrama n° 4 - Cecilia Meireles


O choro voem perto dos olhos
para que a dor transborde e caia.

O choro vem quase chorando
como a onda que toca na praia.

Descem dos céus ordens augustas
e o mar chama a onda para o centro.

O choro foge sem vestígios,
mas levando náufragos dentro. 

Cecília Meireles
do livro "Viagem"

Um comentário:

Juℓi Ribeiro disse...

Prince:

Que poesia tão bela!
Que linda maneira
de descrever lágrimas
e sentimentos...

Realmente Cecília Meireles
encanta com seus versos
e você encanta
com seu bom gosto
e sua sensibilidade.
Adorei sua visita.
Um abraço carinhoso
e a minha admiração.*Juli*