terça-feira, agosto 28, 2012

A masculinização da mulher - Prince Cristal

A emancipação feminina na sociedade ocidental teve diversos aspectos positivos no campo dos direitos e oportunidades e a mulher conquistou em décadas o espaço que lhe foi negado durante séculos. 

Todavia, frente a tantas conquistas, parece que estão perdendo um bem preciosíssimo, que as diferem das demais criaturas: as mulheres estão perdendo a sua feminilidade. Falo da masculinização da mulher, na atitude, no comportamento, na sexualidade e ate no jeito de se vestir. Longe de querer criar com esta crônica uma polemica, me chama atenção o número de mulheres que se masculinizam e sofrem por não encontrarem mais o "ideal romântico" ou a felicidade nesse novo papel.

As mulheres na década de 60-70 queimaram sutiãs, fizeram manifestações, piquetes, protestos e conquistaram muitos direitos. A fim de competir com o homem e conquistar seu merecido espaço no mercado de trabalho e na sociedade, a mulher teve de se “travestir” de homem, abrir mão de sua essência e se apossar das armas do homem, fazendo-se assim, tão dura e agressiva quanto ele.

Defendem as feministas, terem conseguido vitórias e sucesso, garantias e direitos para mulher.  É verdade, eu concordo, mas ainda defendem que a mulher foi completamente desviada da sua essência para um padrão criado pelas revistas, cinema e moda onde passou a representar o papel do ideal masculino de beleza. Seria mesmo isso? ou na verdade os padrões sempre existiram e mudaram com o tempo? 

A meu ver o padrão atual oscila entre a mulher cabide(entenda esquelética) e a bombada(entenda musculosa) que reforça o lado da masculinização visual.

Diante deste cenário comecei a perceber diversos cursos ensinando a mulher recuperar a essência da feminilidade. Isso virou um negócio, uma moda. Nas mais diversas áreas, vários profissionais vem tentando reensinar as mulheres a recuperar a característica perdida: curso de auto-ajuda para encontrar a face oculta da Deusa (leia-se comportamentos femininos inspirados nas Deusas mitológicas), cursos de danças sensuais, strip-tease e aulas de maquiagem inspirada em tradições tribais e hindu. Em quase todos os cursos as inspirações vem de antigas fontes orientais ou tradições ancestrais. 

Não questiono a validade destes cursos, mas ele atingirão apenas uma pequena parcela ou criarão mais confusão neste processo de mudança de comportamento das sociedades. O ponto em questão é que nesse tempo de acomodação estaremos perdendo uma geração de oportunidades com tristes desencontros.

O mundo está em desequilíbrio. O desafio do momento está na mão do homem que esta repensando e ainda não encontrou seu novo reposicionamento. E das revistas femininas retiro uma frase, provavelmente escrita por uma mulher, para este novo repensar e que não consegui definir se é machista ou feminista: “Mas como todo ser inteligente o homem está aprendendo a aproveitar o melhor da mulher moderna."

Caros leitores, definitivamente existem apenas dois sexos, mas os gêneros são infindáveis e as insanidades estarão populando cada dia mais os nossos noticiários.


Racionalidade e distanciamento são virtudes importantes,
Carinho e doçura fazem diferença...

5 comentários:

Anônimo disse...

A verdade é que toda mulher, por mais que diga que não, ela quer sim, um homem que a faz sentir feminina. um homem que a trate como uma rainha, que a faça se sentir especial e única na vida dele.Falo por mim, não pelas outras mulheres,ainda acredito no romantismo, gosto de receber flores e elogios,gosto quando um homem me toca com palavras e gestos que me fazem arrepiar...com certeza irei repensar minha postura como mulher e voltar a mostrar a minha parte feminina com mais delicadeza pois eu a mantive escondida por muito tempo e lendo aqui no blog percebi que já perdi muito e não quero mais perder e sim conquistar.Beijo.

Anônimo disse...

Infelizmente a masculinização feminina é um fato de independência atual, pois o avanço de determinadas mulheres que às vezes se vendem por pouco é talvez por não terem argumentos culturais e psicológicos adequados à atuaização dos novos tipos de relacionamentos; onde o afeto é esquecido; as mulheres pés no chão não deixam de ser afetuosas, o que está latente nos egos das verdadeiras mulheres, que propõem; amar, ser afetuosa, meiga, sem perder a potência de ter sua masculinidade feminina em função de falsos românticos. O "Amor" ainda é um essencial na vida dos seres humanos, pois " AMAR É ALGO MARAVILHOSO E SUBLIME". Mesmo assim acredito que existem homens que ainda querem amar e serem amados verdadeiramente...

flor de cristal disse...

Oi Prince!
Eu peno que nós mulheres ficamos perdidas e deslumbradas e acredito que muitas de nós liberou o que elas tinham dentro do coração. Pq não foi fácil sair (?) das garras do patriarcado e caminhar sozinhas por esse novo caminho.

E neste quesito os homens não contribuíram em nada para que esta mudança fosse gradativa. Não, os homens resolveram embrutecer esta "nova" mulher e sabe como? Quando os homens deixaram sua gentileza e usou de total frieza e falta de educação para com nós mulheres. Quando não nos abriu mais as portas para nos fazer entrar primeiro. Quando não se importou se temos jornada tripla. Quando estes mesmos homens chegam em casa querem encontrar esta mulher linda e maravilhosa. Querem encontrar a casa bem cuidada e os filhos bem tratados e se esquecem de que esta tripla jornada nos deixa irritada por demais. Nos ônibus os homens não oferecem mais lugar para as mulheres mais velhas esquecendo eles da nossa fragilidade. Uma vez ouvi de um jovem a seguinte frase quando foi pedido que desse o lugar senhora se sentar: Vocês querem ter os mesmos direitos que os homens não é? Pq eu tenho que ceder o lugar para vocês?

Não foi para fazer graça que queimamos suties em praça publica. Vc sabia que até hoje nos mulheres ganhamos menos do que os homens? E não me venham com discurso que somos incompetentes pq posso listar aqui mulheres com cargo de alto escalão desde presidente da republica, ativistas, delegadas , esportistas, policiais e por vai...a lista é grande.

Então benzinho acho que está faltando compreensão, educação, respeito e gentileza no mundo, não só para nos mulheres. Não estamos embrutecendo chamo isso de alto devesa. Pq não queremos disputar com os homens queremos igualdade em direito e tratamento pq esse ao meu ver já estaria de bom tamanho.

Desculpa ter me alongada tanto, mas estou de TPM sabe o que é isso? rsrsr

Beijo grande e saiba adorei passear por aqui...

flor de cristal

Cris V disse...

Oi! Gostei do seu blog. Belas poesias, selecionadas a dedo. Mas seus autorais são muito bons! Concordo, as mulheres vem sendo embrutecidas, não apenas pelo trabalho, mas também pela sociedade e pelos próprios homens, que tratando-as como descartáveis, fragilizam o tal ideal romântico, tão feminino. Mas creio que a vida é movimento, estamos todos mudando e mudança é um processo. Bjs

Princesa disse...

Você é um homem único!
Pelo que leio ico imginando...
Parabéns pelo blog