quinta-feira, dezembro 15, 2016

Paradoxo da verdade - Tao te king - Lao-Tse


Quem demanda a perfeição

parece ser imperfeito.


Embora a sua oculta plenitude
plenifique todas as vacuidades.

Quem possui verdadeira plenitude
É inesgotável
Por mais que se esgote.

Quem anda direito,
parece torto.

Grande habilidade parece inabilidade.
Arte genuína
parece mediocridade.

Movimento supera o frio.
Quietação vence o calor.
O que é puro e verdadeiro
sempre orienta o mundo.

Lao-Tse da obra-prima Tao te King



Tudo que é do mundo da qualidade é ignorado pelo mundo das quantidades.
O cego acha normal a escuridão o anormal a luz.

O doente que nunca conheceu saúde pode achar normal a doença e anormal a saúde.

Portanto a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria dos homens.

As grandes verdades quase sempre aparecem em forma de paradoxos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Delícia visitar o blog.

Marta disse...

Acho maravilhosos os textos de Lao Tse.
A imagem especial e bem conectada.
Dez!

Daniela disse...

Lindo demais! A simplicidade é o bonito no ser humano!! Beijos!!

Camila Ferreiro disse...

Não há critério de verdade senão não concordar consigo próprio. O universo não concorda consigo próprio porque passa. A vida não concorda consigo própria porque morre. O paradoxo é a fórmula típica da natureza. Por isso, toda verdade tem uma forma paradoxal.

Alberto Caeiro andou lendo Lao Tse?