domingo, agosto 06, 2017

Ardo - Nietzche

"Sim, sei de onde venho!
Ardo para me consumir.

Aquilo em que toco torna-se luz,
carvão aquilo que abandono.

Sou certamente labareda!"



Friedrich Nietzsche

Um comentário:

Cris disse...

Parabéns pela escolha do texto e da imagem.
Lindo...
O Prince continua !
Beijo, Cris